Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Reativação de lombadas eletrônicas nas rodovias estaduais está em fase final

Reativação de lombadas eletrônicas nas rodovias estaduais está em fase final

Lombadas eletrônicas
Empresa contratada pelo Daer já concluiu montagem de 89 dos 112 equipamentos previstos - Foto: Júlio Cunha Neto/Daer - Download HD (86,00 kB)

A instalação das novas lombadas eletrônicas nas rodovias estaduais gaúchas ganhou ritmo nos últimos dias. A empresa contratada pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer) - autarquia vinculada à Secretaria dos Transportes - já concluiu a montagem de 89 dos 112 equipamentos previstos nos lotes recentemente licitados.

Cada um dos dispositivos vai monitorar uma faixa de rodovia. A velocidade limite varia de 40 a 60 quilômetros por hora, dependendo do fluxo médio de veículos e pedestres do local. Até agora, 16 das 19 estradas atendidas pelos novos contratos já contam com as lombadas eletrônicas afixadas (confira a relação no final desta matéria).

De acordo com o diretor-geral do Daer, Rogério Uberti, a expectativa é de que a instalação dos dispositivos seja concluída ainda neste mês. Além da montagem, os equipamentos dependem da análise do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e do fornecimento de energia elétrica para iniciar a operação.

“Os trabalhos são desenvolvidos com a maior agilidade possível. Prova disso é que algumas lombadas até já foram aferidas pelo Inmetro”, salienta Uberti. “Pretendemos ativar todos os dispositivos nesta época de volta às aulas, pois parte deles está localizada justamente nas proximidades de escolas, onde a redução da velocidade é essencial para a segurança no trânsito.”

Os quatro novos contratos de instalação e operação das lombadas eletrônicas somam R$ 3,85 milhões e contam com recursos do Tesouro do Estado. A empresa Kopp Tecnologia, de Vera Cruz, foi a vencedora das licitações e assumiu os serviços pelo prazo de um ano, podendo ser prorrogado quatro vezes por igual período.

As lombadas já instaladas ficam nas seguintes rodovias:

ERS-124 (Montenegro): 2 faixas;
- ERS-240 (São Leopoldo e Portão): 16 faixas;
ERS-401 (São Jerônimo): 2 faixas;
RSC-287 (Montenegro): 4 faixas;
- RSC-287 (Novo Cabrais e Paraíso do Sul): 4 faixas;
- RSC-453 (Caxias do Sul e Farroupilha): 10 faixas;
- RSC-453 (Venâncio Aires): 4 faixas;
- ERS-030 (Glorinha e Osório): 4 faixas;
- ERS-115 (Igrejinha e Três Coroas): 4 faixas;
- ERS-235 (Nova Petrópolis e Gramado): 12 faixas;
ERS-389 (Torres): 2 faixas;
- ERS-452 (Feliz e Vale Real): 4 faixas;
ERS-486 (Itati): 2 faixas
VRS-873 (Morro Reuter): 2 faixas;
ERS-149 (Restinga Seca): 2 faixas
ERS-155 (Ijuí): 3 faixas;
ERS-344 (Entre Ijuís): 4 faixas;
- ERS-509 (Santa Maria): 8 faixas.

Os próximos equipamentos a serem instalados monitorarão as rodovias:

ERS-126 (Sananduva): 1 faixa;
ERS-129 (Encantado): 2 faixas;
ERS-129 (Serafina Corrêa): 2 faixas
- ERS-324 (Passo Fundo e Vila Maria): 8 faixas;
- ERS-324 (Nova Araçá e Nova Bassano): 6 faixas
ERS-438 (Paraí): 2 faixas;
- RSC-453 (Estrela): 2 faixas.

Texto: Júlio Cunha Neto/ Ascom Daer
Edição: Léa Aragón/ Secom


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul