Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Contabilistas de todo o país debatem responsabilidade social em Gramado

Contabilistas de todo o país debatem responsabilidade social em Gramado

Eventos de contabilistas
A secretária agradeceu a parceria da classe contabilista e da Receita Federal na campanha - Foto: Alex Rocha/ Palácio Piratini - Download HD (120,00 kB)

Uma semana antes da comemoração do 20 de Setembro, cerca de 3 mil pessoas de todo o país foram recebidas com tradição gaúcha, dança e música típicas do Rio Grande na abertura de dois eventos sobre contabilidade, em Gramado, na noite dessa quarta-feira (13).

Até sexta-feira, durante o 11º Encontro Nacional da Mulher Contabilista e a 16ª Convenção de Contabilidade do Rio Grande do Sul, profissionais e estudantes vão debater temas importantes para o setor. Na programação, estão palestras e painéis sobre questões atuais, como o uso da tecnologia e a responsabilidade social da profissão.

A secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho, Justiça e Direitos Humanos, Maria Helena Sartori, foi uma das palestrantes. Ela abordou a importância de programas como o Escolha o Destino, lançado em 2015 para incentivar os contribuintes a destinar parte do imposto de renda devido a projetos socais que atendem crianças, adolescentes e idosos. Assim, as pessoas deixam no estado uma parcela dos recursos que seriam transferidos, obrigatoriamente, para o governo federal. Podem participar pessoas físicas (limite de 6%) e pessoas jurídicas (limites de 1%).

Os valores vão para o Fundo Estadual da Criança e do Adolescente (Feca) ou Fundo Estadual da Pessoa Idosa (Funepi), além dos fundos municipais. Depois, os respectivos conselhos (Cedica e Cei) elegem, entre as entidades cadastradas, os projetos sociais que serão beneficiados. 

Em 2015 e 2016, foram arrecadados mais de R$ 44 milhões, ajudando milhares de pessoas. No entanto, Maria Helena destacou que o potencial é de R$ 300 milhões.

A secretária agradeceu a parceria da classe contabilista e da Receita Federal na campanha. "Vocês são importantes para convencer os seus clientes da importância dessa iniciativa e explicar que isso não deixa ninguém na malha fina. É uma maneira que a população tem para dizer que quer ver o seu dinheiro muito bem aplicado", disse.

Considerando apenas os recursos do Feca, 86 entidades que trabalham com crianças e adolescentes já receberam ou vão receber em breve um total de R$ 5,1 milhões. No caso do Funepi, está aberto o edital para selecionar as entidades. O valor total disponível é R$ 700 mil.

O programa está em www.escolhaodestino.rs.gov.br.

Texto: Vanessa Felippe/ Ascom SDSTJDH
Edição: Léa Aragón/ Secom


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul