Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Repasse da NFG para entidades chega a R$ 24,9 milhões desde 2015

Repasse da NFG para entidades chega a R$ 24,9 milhões desde 2015

Repasse da NFG para entidades chega a R$ 24,9 milhões desde 2015
Escola João XXIII investe em melhorias com dinheiro da NFG - Foto: Divulgação Sefaz - Download HD (1,26 MB)

Com o pagamento de R$ 4,3 milhões desta etapa, que corresponde ao primeiro trimestre deste ano, o programa Nota Fiscal Gaúcha (NFG) alcança R$ 24,9 milhões em repasses desde janeiro de 2015. Os valores contemplam cerca de 2,8 mil instituições credenciadas, que atuam nas áreas da Educação, Saúde e Assistência Social.  Cada setor recebeu neste período R$ 8,3 milhões, dinheiro que ajuda a melhorar o atendimento a milhares de pessoas.

Entre as organizações contempladas nesta etapa, está a Escola Estadual de Educação Básica João XXIII. Nos últimos dois anos, a escola situada no município de Campina das Missões foi contemplada com R$ 55,4 mil, o que permitiu melhoria nas instalações e até investimentos para a segurança de seus professores e dos 367 alunos de ensino fundamental e médio. Agora, o colégio dispõe de 16 câmeras de vídeomonitoramento. Com os repasses da NFG, também foi possível a aquisição de móveis, equipamentos e aparelhos de ar condicionado (para a biblioteca e a sala de atendimento especializado), assim como a reforma na cozinha e no refeitório.

A própria diretora da Escola João XIII, professora Solange Knebel, testemunha a importância dos recursos investidos na instituição. "Nesses 52 anos e diante dos sonhos de melhorias que temos, queremos sensibilizar ainda mais a comunidade para colaborar com a NFG, contribuindo com a arrecadação do Estado e com a solidariedade às demais entidades participantes", salientou ela.

Repasses maiores

O volume de recursos disponibilizados para as entidades da NFG será maior ao longo de 2017. Agora serão R$ 15 milhões divididos de maneira igual para as três áreas de atuação das entidades. Além de mais recursos, as mudanças permitirão que mais organizações tenham chance de serem contempladas, conforme a pontuação alcançada em cada trimestre, a partir da indicação dos contribuintes.

O objetivo é ampliar o número de contribuintes cadastrados ao programa. A NFG gera pontos que são acumulados sempre que o consumidor solicitar a inclusão do seu CPF no documento fiscal. Esse pedido deve ser feito no momento de suas compras em estabelecimentos participantes. Além de concorrer a prêmios em dinheiro, a cada mês, e auxiliar as entidades de sua escolha, o NFG gera ainda descontos de 2% a 5% no IPVA.  Para se cadastrar, é simples: basta acessar www.nfg.rs.gov.br.


Texto: Ascom Sefaz
Ediçao: Denise Camargo/Secom


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul