Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Aprovado projeto que regulamenta produção do Queijo Artesanal Serrano no RS

Aprovado projeto que regulamenta produção do Queijo Artesanal Serrano no RS

Aprovado projeto que regulamenta produção do Queijo Artesanal Serrano no RS
Com a regulamentação, a produção será fortalecida, conferindo maior valor agregado ao produto - Foto: Rogério Fernandes/Emater/RS-Ascar - Download HD (86,00 kB)

Uma tradição de mais de 200 anos nos Campos de Cima da Serra foi finalmente reconhecida no Rio Grande do Sul. O Queijo Artesanal Serrano agora possui legislação própria, que trata da produção e comercialização, aprovada pela Assembleia Legislativa nessa terça-feira (13).

A partir da regulamentação do Queijo Artesanal Serrano, a produção será fortalecida, conferindo maior valor agregado ao produto, garantindo a formalidade da produção e preservando a história, a cultura e a tradição do produto.

Para o deputado Vinicius Ribeiro, autor do projeto, a aprovação representa o "coroamento do trabalho de uma década do Emater/RS-Ascar, em parceria com os sindicatos e produtores. É uma segurança à produção e comercialização do produto, reconhece este processo centenário e é um incentivo à permanência do jovem no campo".

Jaime Ries, assistente técnico em leite da Emater/RS-Ascar, disse que o reconhecimento oficial da existência do Queijo Artesanal Serrano, fabricado com leite cru, dá segurança para o produtor investir na produção. "Com essa garantia, projetamos para 2017 a formalização de 50 microqueijarias, a serem legalizadas junto ao serviço de inspeção dos 16 municípios gaúchos que compõem a Região Delimitada dos Campos de Cima da Serra para Queijo Artesanal Serrano, com cerca de 1.500 produtores", ressalta.


Texto: Adriane Bertoglio Rodrigues/Ascom Emater/RS-Ascar
Edição: Denise Camargo/Secom 


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul