Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Sartori conhece em Pinheiro Machado resultado do apoio à olivicultura

Sartori conhece em Pinheiro Machado resultado do apoio à olivicultura

PINHEIRO MACHADO, RS, BRASIL 17.03.2016: Acompanhado da secretária de Políticas Socias, Maria Helena Sartori, o governador José Ivo Sartori visitou, nesta quinta-feira (17), a Fábrica de Azeite Estância Guarda Velha. Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
A previsão é de que a safra deste ano fique entre 100 toneladas a 120 toneladas de azeitona - Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini - Download HD (4,12 MB)

O governador José Ivo Sartori visitou, no final da tarde desta quinta-feira (17), o maior olival de área contínua do Rio Grande do Sul. Os 300 hectares de plantio de oliva ficam na Estância da Guarda Velha, em Pinheiro Machado. No local, são produzidas 14 variedades de azeite, conserva de mesa e as frutas de dupla aptidão. Acompanhado do secretário da Agricultura, Pecuária e Irrigação, Ernani Polo, e da secretária de Políticas Sociais, Maria Helena Sartori, o governador participou da colheita e conferiu a fábrica de produção de azeite. 

De acordo com o proprietário da Oliva Agroindústria e da estância, Luiz Eduardo Batalha, a estimativa é de que a safra deste ano fique em torno de 100 toneladas a 120 toneladas da fruta. Deverão ser produzidos 20 mil litros de azeite e 20 toneladas de azeitona de mesa. O gerente técnico e comercial da Oliva Agroindustria, Rossano Lazzarotto, afirmou que a meta é chegar a 400 hectares de olival até 2019.

Programa Estadual de Desenvolvimento da Olivicultura

Desde o lançamento do Programa Estadual de Desenvolvimento da Olivicultura, em julho de 2015, cerca de 400 novos hectares foram plantados no RS. Atualmente, o estado tem 1.730 hectares de plantio da oliva, em 55 municípios, 6 indústrias e 11 marcas de azeite. A meta até 2018 é chegar a 3 mil hectares.

Nos últimos anos, os investimentos privados passam dos R$ 40 milhões, tanto na implantação de olivas como na instalação das fábricas de azeite no RS, gerando mais de mil empregos na Metade Sul.

Texto: Mirella Poyastro, de Pinheiro Machado
Edição: Cristina Lac/Secom 


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul