Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Raízes palestinas em exposição no Memorial do Rio Grande do Sul

Raízes palestinas em exposição no Memorial do Rio Grande do Sul

Exposição sobre Palestina
Embaixatriz da Palestina no Brasil, Nahida Tamimi Alzeben, emprestou 23 vestidos típicos de sua coleção para a mostra - Foto: Divulgação Cultura - Download HD (41,00 kB)

O Memorial do Rio Grande do Sul, da Secretaria da Cultura, abre na próxima quinta-feira (21), a exposição 'Memórias e identidade: raízes palestinas'. A solenidade da mostra, que tem o apoio da Liga dos Estados Árabes, Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Embaixada do Estado da Palestina no Brasil e Federação Árabe Palestina do Brasil (Fepal), está marcada para as 19h30, na Sala dos Tesouros - 2º andar do Memorial.

Até o final de fevereiro serão expostos 23 vestidos típicos, colecionados durante 12 anos pela embaixatriz da Palestina no Brasil, Nahida Tamimi Alzeben. O público também irá conhecer um pouco do artesanato e da pintura palestina.

A arte faz parte da vida e das raízes do povo palestino, que herdou dos seus ancestrais cananeus e filisteus as habilidades manuais, que até hoje destacam e identificam sua cultura, pela diversidade de formas com que seus trabalhos são apresentados.

Com o barro de Jericó (a cidade mais antiga do mundo), os cananeus moldaram vasos. Em épocas mais recentes, registram-se os trabalhos entalhados em madeira da oliveira, a arte do vidro, as obras de arte em nácar e a arte do bordado em ponto de cruz, onde as linhas entrelaçadas formam desenhos maravilhosos, que decoram os vestidos das mulheres palestinas e objetos de decoração como almofadas, espelhos, quadros e outros. Por meio das cores e dos desenhos dos bordados pode-se identificar as cidades, regiões e mesmo o país de sua origem.

A mostra pode ser visitada de terça a sexta, das 10h às 18h, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 17h. Nos próximos dias 23 e 24, a visitação será das 9h às 18h. A entrada é franca.


Texto: Ascom Cultura
Edição: Léa Aragón/Secom 


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul