Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.

Início do conteúdo
Página inicial > Últimas > Sartori reafirma compromisso com a educação

Sartori reafirma compromisso com a educação

Abertura do ano letivo
Governador destacou que, para superar as dificuldades, a grande aposta está na educação - Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini - Download HD (1,41 MB)

No evento que marcou a abertura oficial do ano letivo na rede estadual, nesta terça-feira (24), no Auditório do Ministério Público, o governador José Ivo Sartori reafirmou que educação é prioridade para o Estado. "O maior tesouro do Rio Grande do Sul é o nosso capital humano. Os outros capitais, inclusive o econômico, vêm depois. Só existem por meio e em função do capital humano. E é pela rede escolar que o Estado tem acesso a esse tesouro, que são as pessoas – nossas crianças e adolescentes, desde o Ensino Fundamental até o Médio", afirmou Sartori. 

O governador ressaltou ainda a importância da cultura de paz, de modo a aproximar famílias e comunidade dos estabelecimentos de ensino. Com isso, assinalou, muda o rendimento escolar e os índices de violência  são modificados. "Quanto mais integrada a família estiver à vida escolar, melhor estará a escola", disse.

Sartori destacou que para o Estado ter condições de superar as dificuldades, tanto das finanças públicas e o cenário de recessão no país, a grande aposta está na educação. E que, para melhorar os índices e a qualidade do ensino, é preciso o apoio de toda a sociedade. "Isso envolve ter como foco o aprendizado do aluno – este é nosso resultado final –, mas sempre procurando o diálogo, o respeito e a valorização dos professores", completou.

Com aproximadamente 970 mil alunos nas 2,5 mil escolas do Estado e 80 mil professores, a volta às aulas da rede estadual será nesta quinta-feira (26). De acordo com o secretário da  Educação, Vieira da Cunha, o Estado trabalha para que as atividades se iniciem com tranquilidade. Estão em análise pela Secretaria da Fazenda a nomeação de 540 concursados e o chamamento de 370 contratos emergenciais. "Vamos trabalhar para que a educação pública volte a ocupar lugar de destaque. O governador reiterou que educação é prioridade, e temos convicção de que não nos faltará apoio", assinalou Vieira.


Gestão e boas práticas escolares
O seminário que marca a abertura do ano letivo segue até o fim da tarde desta terça-feira, reunindo palestrantes que abordarão temas prioritários na gestão e que agregassem bons exemplos praticados na área da educação.

Durante a manhã, o coordenador do curso de pós-graduação em Direito da Criança e do Adolescente da Fundação Escola Superior do Ministério Público, procurador Afonso Armando Konzen, falou sobre o tema "Justiça e Educação: desafios e perspectivas no tratamento do conflito". Ao apresentar o assunto, Vieira ressaltou que ações, em parceria com outras secretarias, serão feitas para tratar do problema da violência escolar.

"Elencamos assuntos importantes e que serão prioridades no desempenho das nossas atividades. O primeiro tema diz respeito à questão da violência escolar, que lastimavelmente muitas vezes está presente no ambiente escolar. Este é um desafio para todos nós e foi pedido pelo governador para que atuássemos firmemente no sentido de transformar o ambiente escolar em um ambiente de paz, de boa convivência, da tolerância, do respeito recíproco, em que se saiba conviver com as diferenças", afirmou.

À tarde, o secretário executivo da Secretaria da Educação de Pernambuco, professor Paulo Dutra, falará sobre a implementação da "Escola em Tempo Integral". Dutra é autor do livro "Educação Integral no Estado de Pernambuco – Uma Política Pública para o Ensino Médio", que narra os 34 anos de vida do professor dedicados à educação pública e à implantação pioneira de políticas de Ensino Médio integral em Pernambuco.

Para encerrar a conferência, duas escolas estaduais, uma de Canela e outra de Bagé, apresentarão seus exemplos de gestão que servem de modelo para o painel "Boas Práticas Pedagógicas". Foram palestrantes palestrantes Marcio Gallas Boelter, diretor da Escola Neusa Mari Pacheco CIEP/Canela,  Paulo Cezar Camargo Teixeira, diretor da Escola Leopoldo Maieron CAIC/Bagé, e Samuel da Silva Borges, diretor do Colégio Estadual Ivo Bühler, de Montenegro.  

Texto: Eliane Iensen e Letícia Costa/ Assessoria de Comunicação Seduc

Edição: Redação Palácio Piratini/Coordenação de Comunicação 


Endereço da página:

Compartilhar:

Governo do Estado do Rio Grande do Sul